Windows Live Messenger

segunda-feira, 15 de outubro de 2012


A reviravolta na vida de Mike Tyson
Enviado por luisnassif, seg, 15/10/2012 - 10:16

Do Estadão

A grande reviravolta na vida do ex-boxeador Mike Tyson

Ex-campeão dos pesos pesados sai do mundo trash para um casamento feliz

Wilson Baldini Jr.

SÃO PAULO - A morte da filha Exodus, de 4 anos, enforcada na esteira de ginástica em casa, em maio de 2009, modificou a vida de Mike Tyson. Depois de gastar grande parte de sua fortuna de US$ 300 milhões acumulada em 20 anos nos ringues com tudo de ruim que encontrou pela frente, o campeão mundial mais novo da história dos pesos pesados conheceu no terceiro casamento a importância da família. E descobriu um talento para ator que já lhe valeu uma ponta no cinema, um seriado de TV e um espetáculo na Broadway, com direito a direção de Spike Lee.

Em 2005, após a derrota humilhante para o desconhecido Kevin McBride, por nocaute técnico no sexto assalto, os fãs do boxe temiam que o futuro do Homem de Ferro poderia ser semelhante ao de Sonny Liston, que apareceu morto após consumir drogas, logo após pendurar as luvas. Liston, assim como Tyson, foi tremendamente temido dentro do ringue e sempre se envolveu com más pessoas.

Parecia que os fãs estavam certos. No ano seguinte, Tyson foi preso por porte de drogas e se internou em 2007 em uma clínica de reabilitação em Los Angeles. “Eu gastava três mil dólares em conhaque e cheirava cocaína todas as noites. Dinheiro para mim servia apenas para drogas e álcool.” Tudo levava a crer que o fim de um dos maiores pugilistas de todos os tempos estava traçado.

Mas uma tragédia familiar mudou sua vida. Em 26 de maio de 2009, uma terça-feira à noite, Tyson não estava em casa e recebeu um telefonema dizendo que sua filha tinha sofrido um acidente. Amigos íntimos do ex-campeão revelaram que ele se culpou por não estar perto da criança, que se enforcou acidentalmente ao brincar na esteira de ginástica. “Pensei em me matar”, revelou.

Doze dias depois da tragédia, Tyson se casou com Lakiha “Kiki” Spicer, de 35 anos, filha de um pastor protestante da Filadélfia. Os dois começaram a namorar em 2002, quando Tyson se preparava para o combate com o britânico Lennox Lewis. “A primeira coisa que disse a ele foi para parar de beber, perder peso e deixar de comer carne”, disse Kiki. “Por seis meses comi tomate, tomei sopa de manjericão e água. Perdi 45 quilos, mas além de melhorar fisicamente, me tornei um homem bom, que vive para a família.” Tyson tem seis filhos. Vive com dois, juntamente com Kiki, e visita regularmente os outros quatro. “Nos falamos diariamente pelo telefone”, contou o Iron Man.

Aos 46 anos, Tyson está com 85 quilos, peso que só teve aos 13 anos, e diz estar em paz com a vida. Vegetariano, revelou ao jornal The Sun que em sua boca só entram produtos naturais. “Não reconheço o homem que eu era. Eu era um porco”, afirmou Tyson. “Casei com a mulher dos meus sonhos. Ela jamais me coloca para baixo. Quero morrer ao seu lado.” Tyson também foi casado com a atriz Robin Givens, em 1988, e com a médica Monica Turner, de 1997 a 2003. “Antes de Kiki, só conversava com as mulheres quando estávamos transando.”

De bem com a vida, Tyson divide seu tempo entre a apresentação do monólogo Undisputed Truth, em Nova York, e as viagens para dezenas de países, onde é convidado a participar de vários eventos com empresários e artistas. Tudo motivado após as ótimas participações nos dois filmes Se beber, Não case.

Ano passado, Tyson esteve no Brasil participando do programa Caldeirão do Huck e até cantou uma versão para Garota de Ipanema. “Eu quero divertir as pessoas. Quero ganhar o Toni Award. Quando eu tinha 20 anos, jamais pensei em estar vivo aos 40. Mas eu estou no melhor de mim. Feliz demais

Nenhum comentário:

Postar um comentário