Windows Live Messenger

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

As crianças adotadas ilegalmente na Bahia
Enviado por luisnassif, seg, 15/10/2012 - 15:43
Por Josias Pires
Nassif, esta é uma situaçao gravissima. Está surgindo um movimento na Bahia para que a situação seja revertida, Precisamos da sua colaboração dando destaque deste fato no seu Blog. Abs, Josias Pires
Do blog Bahia na Rede
Crianças de Monte Santo adotadas ilegalmente por casais paulistas
Está circulando na Internet uma petição digital dirigida ao ministro da Justiça José Eduardo Cardozo clamando pelo retorno para o convívio de seus pais biológicos de cinco crianças retirados ilegalmente das suas casas, no município de Monte Santo (BA) e entregues para adoção a quatro casais residentes em São Paulo. O fato ocorreu há um ano e três meses e foi, neste domingo, denunciado no programa Fantástico neste domingo (14), da Rede Globo, pelos familiares das crianças.
Segundo a denúncia, os filhos de Gerôncio e Silvania foram retirados do convívio familiar atropelando os procedimentos legais que regulamenta a prática da adoção. As famílias paulistas chegaram em um dia, foram ouvidas pelo juiz e, no dia seguinte, voltaram para São Paulo levando, com elas, as crianças chorando, segundo relato das testemunhas.
“Trata-se da ação de uma ação criminosa. . Tudo feito em tempo recorde, sem a presença do MP na audiência e a oitiva dos pais”, relatam os advogados que prepararam a petição digital.
No documento foi relatado que o processo teve início pela ação de Carmem Topschall, que atua há alguns anos na região em busca de crianças para adoção. Ela tentou convencer a mãe, Silvânia, a dar sua filha recém nascida a um casal paulista. Com a negativa da mãe, resolveu denunciá-la ao Conselho Tutelar do município sob a alegação de maus tratos. O Conselho Tutelar não constatou qualquer sinal de violência doméstica, abuso sexual ou trabalho infantil.
“Ainda assim o Ministério Público requereu colocação de todas as crianças em um abrigo, mesmo sem ter abrigo no município ou região, e foi favorável à adoção da recém nascida ao casal de SP. O juiz da causa entregou as demais crianças a outros casais, separando-as e jamais citou a família para integrar o processo, ou nomeou Advogado dativo, como solicitado oficialmente pelo Conselho Tutelar”, denuncia a petição digital.
As crianças com idade escolar estudavam e a professora da escola onde estavam matriculadas afirmou à reportagem do Fantástico que os pais nunca deixaram de levar as crianças e que as mesmas não tinham mau comportamento ou qualquer sinal de maus tratos ou má saúde.
Assine a Petição digital:
http://www.avaaz.org/po/petition/Monte_SantoBa_familia_pobre_tem_5_filho...
  
» Luis Nassif Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário